STORIES for CHILDREN by Sister Farida

(www.wol-children.net)

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Perform a PLAY -- 121 (Tracks in the snow 5)

Previous Piece -- Next Piece

HISTORINHAS – apresente elas às crianças!
Teatrinhos para as crianças

121. Pegadas na neve 5


Anete lia um livro, mas não conseguia se concentrar.

Anete: “Vovó, eu vou dormir. Boa noite.”

Mas ela não foi para seu quarto. Em vez disso, ela foi para fora andar sobre a neve. Ela já estava longe de casa quando escorregou e torceu seu pé ao ponto de não conseguir mais andar.

Anete (chorando): “O que eu vou fazer agora? Eu vou congelar aqui se ninguém me encontrar.”

Ela se sentou na neve e chorou. As estrelas brilhavam no céu. Anete olhou para cima. Será que Deus iria ajuda-la, apesar de ser tão má com Lucas?

De repente, ela ouviu o som de esquis deslizando sobre a neve.

Anete: “Socorro! Socorro! Lucas, é você? Por favor, me ajude. Eu torci meu pé.”

Lucas: “Eu tenho um trenó. Vista meu casaco até eu voltar.”

Quando ela ficou novamente sozinha, ela orou de todo o seu coração.

Anete: “Querido Senhor Jesus, eu sou pecadora e preciso de você. Por favor, perdoe todos os meus pecados. Eu quero ser Sua filha, não apenas porque estou com problemas agora. Amém.”

Lucas voltou com um trenó e cobertores.

Anete: “Lucas, eu tenho que dizer uma coisa a você. Fui eu quem destruiu seu pônei de madeira. Jesus já me perdoou. Por favor, me perdoe você também, eu não te odeio mais.”

Lucas: “Eu achava que fosse você. Obrigado por me contar, eu te perdoo.”

Anete estava segura em casa e Lucas orava ao lado.

Lucas: “Senhor Jesus, por favor, me dê uma ideia para que eu possa provar à Anete que eu sinto muito pelo acidente com Dani.”

Então, ele se lembrou do médico na cidade. Será que ele poderia melhorar a perna de Dani? No meio da noite e no meio da tempestade, Lucas arriscou descer de esqui até a cidade. Cansado, ele chegou com segurança, apesar de ser algo perigoso para se fazer. Mas sua atitude valeu a pena. O médico quis ajudar. Dani precisou ficar no hospital por muito tempo mas, quando voltou para casa, houve muita alegria. Ele podia andar de novo! Lucas foi convidado a visitá-los. Ele estava radiante de alegria quando viu Dani andando sem muletas.

Médico: “Dani, você precisa agradecer ao Lucas. Ele arriscou sua vida ao vir me ver.”

Lucas: “Eu não fiz isso sozinho. Jesus foi quem me deu a ideia e me ajudou a chegar.”

Seu velho amigo nas montanhas pagou por tudo, mas isso foi o segrego de Lucas.


Pessoas: Narrador, Anete, Lucas, médico.

© Copyright: CEF Alemanha

www.WoL-Children.net

Page last modified on January 09, 2018, at 02:53 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)