STORIES for CHILDREN by Sister Farida

(www.wol-children.net)

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Perform a PLAY -- 089 (Ringu at the bull race 1)

Previous Piece -- Next Piece

HISTORINHAS – apresente elas às crianças!
Teatrinhos para as crianças

89. Ringu na corrida de touros 1


Em uma pequena vila na Índia, Ringu aparelhava os touros. Então, seus pais subiram na carroça.

Ringu: “Battu, suba, nós já vamos sair.”

Battu: “Ooooba! Nós vamos à festa.”

Ringu: “Sim, e vamos comemorar o grande Festival dos Touros.”

Battu: “Ringu, estou tão empolgado para ver se você vai vencer a corrida.”

Ringu estava muito nervoso, por isso ficou na frente para guiar os touros. A estrada passava pelo meio de uma selva. Alguns diziam que ali viviam tigres e que espíritos maus habitavam o lugar.

Battu: “Mais rápido motorista, mais rápido, Ringu.”

Ringu: “Me pergunto se vamos ver algum estrangeiro. Sabe, aquele alto de pele branca. Aquele um que sempre fala sobre um Deus bom.”

Havia muita agitação na cidade. Quando iam parar a carroça, Ringu já deu um pulo para fora dela.

Ringu: “Ai! Ai! Meu pé!”

Um espinho grande ficou encravado em seu calcanhar. Ele mordeu os dentes e puxou para fora o espinho. Então, foi seguindo seus pais mancando. Seu pai entrou em uma loja e Ringu, escondido, roubou uma banana. Ele sabia muito bem que isso não era certo, mas ele não ligou porque os outros também roubam.

Eles ouviram uma música bonita. Ringu quis correr para ouvir a música mais de perto, mas acabo trombando em um homem. O homem derrubou todos os papéis que estava carregando. Ele era o estrangeiro. Ringu tentou fugir mas foi segurado pelos ombros.

Missionário: “Espere um minuto, meu amigo. Eu quero te dar esse papel. É uma carta de Deus. Você pode ler sobre o amor de Deus nela.”

Ringu pegou o papel e o guardou em seu turbante.

A música parou e o indiano que tocava o órgão se levantou.

Pandu: “Meu nome é Pandu. Eu sacrificava a espíritos maus e adorava os outros. Mas agora eu conheço o Deus vivo e o sirvo. Ele é o único Deus verdadeiro.”

Ringu pensou sobre essas palavras. Na manhã seguinte, o som alto dos batuques o acordaram. Com medo, ele observou seu pé vermelho e inchado. Seu pai chamou um médico e o Ringu já tremeu de medo só de vê-lo se aproximando. Ele pôs pimenta no machucado e assoprou em seu ouvido. Ringu gritou de dor.

Ringu: “Ai, ai!”

Como que pimenta e um assopro poderiam ajudar? A corrida começou. Ringu estava sentindo dores terríveis, mas segurou firme as rédeas e tentou rir.

(som de um disparo de arma)

Os touros começaram a correr e o público começou a torcer. Ringu gritou de novo por causa da dor e foi se mexer para ir para a parte de traz da carroça. Nesse momento, ele tropeçou e ...?

Na próxima história eu vou contar o que aconteceu em seguida.


Pessoas: Narrador, Ringu, Battu, missionário, Pandu.

© Copyright: CEF Alemanha

www.WoL-Children.net

Page last modified on January 09, 2018, at 12:47 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)