STORIES for CHILDREN by Sister Farida

(www.wol-children.net)

Search in "Portuguese":

Home -- Portuguese -- Perform a PLAY -- 142 (Doomed man 3)

Previous Piece -- Next Piece

HISTORINHAS – apresente elas às crianças!
Teatrinhos para as crianças

142. Homem condenado 3


Doutor: “Sr. Taylor, você está péssimo! Faça seu testamento. Você não vai viver muito mais.”

H.T.: “Ah, vou sim! Eu vou é viver muito tempo. Deus tem uma obra para mim realizar na China. De qualquer forma, se eu morrer, eu estarei com Jesus e estou ansioso por isso.”

Hudson Taylor foi infectado pelo cadáver de um homem que morreu de uma febre terrível. Ninguém achava que ele fosse sobreviver. Mas Jesus o protegia. Hudson continuou a estudar medicina, afinal, ele precisava para seu trabalho missionário na China. Em 19 de setembro de 1853, ele estava pronto. Ele subiu a bordo de um navio chamado “Dumfries” e navegou da Inglaterra à China. Eles mal haviam saído do porto e o navio entrou em uma terrível tempestade. As ondas ameaçavam afundar o navio e toda a tripulação de marinheiros. Mas Jesus, o forte protetor, não os deixou afundar. Em outro momento, não havia nenhum vento. As velas estavam erguidas, paradas. Do nada, uma forte correnteza jogou o navio contra um recife de pedras. O capitão desistiu:

Capitão: “É o nosso fim. Não há mais nada que eu possa fazer.”

H.T.: “Ah, mas há algo que nós podemos fazer.”

Capitão: “O que é?”

H.T.: “Nós podemos orar e pedir que Deus envie um vento.”

Hudson Taylor orou e acreditou que Deus os ajudaria.

H.T.: “Abram a vela principal!”

Capitão: “Que loucura é essa?”

H.T.: “Deus vai enviar o vento.”

Capitão: “Isso é uma piada. Eu somente vou acreditar quando ver isso.”

Então, o capitão desconfiado viu um milagre. De repente, um vento soprou sobre as velas e o navio desviou do recife rochoso sem dificuldades.

Jesus estava protegendo o “Dumfries”. Eles chegaram a Shanghai e soltaram as âncoras.

Hudson chorou de alegria quando andou em solo chinês. Lá ele queria contar às pessoas chinesas sobre seu Protetor. É por isso que ele aprendeu o idioma, e isso era uma tarefa bastante difícil. Às vezes sua língua ficava até cansada.

H.T.: “Sirr Jesu ai o, za tscheng tsching kau su o.”

Parecia que os chineses estavam aguardando alguém chegar e lhes contar sobre o Senhor Jesus. Porém, sua presença não foi bem-vinda em todos os lugares.

Mulher: “Não vá a Tungschau. As pessoas de lá são más. Elas vão te matar ou te jogar na cadeia.”

H.T.: “Se as pessoas são más, então precisamos ir lá. Elas precisam de Jesus.”

(sons de tumultos) Algo aconteceu! Eu vou te contar na próxima história.


Pessoas: Narrador, doutor, Hudson Taylor, capitão, mulher.

© Copyright: CEF Alemanha

www.WoL-Children.net

Page last modified on January 09, 2018, at 02:58 PM | powered by PmWiki (pmwiki-2.2.109)